Instituição – Faculdades Pequeno Príncipe

Instituição

A Faculdades Pequeno Príncipe é uma das mais importantes instituições dedicadas exclusivamente ao ensino da saúde no país. Por conta disso, investe na promoção da pesquisa e do cuidado ao ser humano. Foi assim que, em 2004, abriu as suas atividades com a graduação em Enfermagem. O excelente resultado das primeiras turmas garantiu a abertura do curso de Biomedicina, pioneiro na capital paranaense, e logo depois vieram as graduações em Farmácia, Psicologia e Medicina.

Além das 5 habilitações que oferece, a FPP, unidade educacional do Complexo Pequeno Príncipe,  investe também na pós-graduação lato e stricto sensu. Fazem parte de sua história as especializações em Psicologia da Saúde e Hospitalar; Auditoria para Hospitais, Serviços, Sistemas e Planos de Saúde; e Enfermagem com Ênfase em Pediatria e Cuidados Intensivos Neonatais, entre outras.

Já no que se refere a programas de pós-graduação stricto sensu, a Faculdades possui duas opções: uma delas é o Mestrado e Doutorado em Biotecnologia Aplicada à Saúde da Criança e do Adolescente, credenciado pela Capes com a nota 5, em um universo que vai de 1 até 7. O programa é oferecido em parceria com o Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe

Outra opção é o Mestrado nas Ciências da Saúde, também credenciado pela Capes. Este último é o primeiro programa acadêmico na área da saúde em funcionamento no Brasil. Outra opção aos estudantes que já concluíram a graduação é participar das Residências Multiprofissionais nas áreas de Biomedicina, Enfermagem, Farmácia e Psicologia.

Dois diferenciais que permeiam todas as atividades da FPP são o cuidado solidário e o ensino problematizador. Na instituição, o aluno desenvolve suas capacidades com base em muito estudo e em aulas de simulação realística. A parceria com o Hospital Pequeno Príncipe e o Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe também propiciam grandes oportunidades aos estudantes.

Além disso, o acadêmico tem diversas oportunidades de interagir com outros estudantes e profissionais da área da saúde ao participar de congressos, projetos de iniciação científica e monitoria, por exemplo. Atuar no ensino superior valida, dia a dia, o compromisso expresso do Complexo Pequeno Príncipe de compartilhar conhecimentos gerados a partir da prática, que retroalimentam o tripé “assistência – ensino – pesquisa”.

* PORTARIA

O Instituto de Ensino Superior Pequeno Príncipe – rebatizado em junho de 2007 como Faculdades Pequeno Príncipe – foi credenciado pelo Ministério da Educação (MEC) através da portaria nº 3.694, publicada no Diário Oficial da União do dia 10 de dezembro de 2003, assinada pelo então ministro da Educação, Cristovam Buarque.