Um ato seguro e necessário, mesmo em meio a pandemia – Faculdades Pequeno Príncipe

Um ato seguro e necessário, mesmo em meio a pandemia

Hemocentros e serviços de hemoterapia adotam novas medidas de segurança para evitar queda nas doações

Em meio ao enfrentamento de uma pandemia e com medidas de distanciamento social para diminuir a propagação do novo coronavírus, os bancos de sangue veem seus estoques diminuir. Mas doar sangue continua sendo necessário e seguro.

A FPP, como instituição de ensino da área da saúde, reforça a importância deste ato. De acordo com o Ministério da Saúde, para receber os doadores, hemocentros e serviços de hemoterapia – onde também são feitas coletas e uso do sangue – estão preparados. Os locais têm redobrado a atenção com a higienização das áreas, instrumentos e superfícies, além de disponibilizarem condições de lavagem de mãos, uso de antissépticos e acolhimento que minimizem a aglomeração.

Em Curitiba, por exemplo, os locais estão fazendo a coleta com horário agendado. No Hemepar o agendamento pode ser feito pelo site www.saude.pr.gov.br ou www.pia.pr.gov.br. O local ainda realiza o atendimento espontâneo, limitado a 30 senhas  entregues a partir das 7h30. No Hemobanco os atendimentos também estão sendo realizados por agendamento, pelo site www.hemobanco.com.br.

Vale lembrar que o uso de máscara em locais públicos se tornou obrigatório na capital paranaense desde o dia 16 de abril, após resolução publicada no Diário Oficial.

 

Salvando Vidas

O processo de coleta de sangue começa com o cadastro do doador e leva pouco mais de 1 hora. Em média, são coletados 450 ml de sangue, que só é liberado para transfusão após o resultado negativo dos testes sorológicos.

Cada bolsa de sangue pode salvar até quatro vidas, por isso este ato simples e rápido é tão importante. Já pensou em ajudar alguém hoje? Confira as condições para doar sangue:

  •         Ter entre 16 e 69 anos (menores de 18 precisam do consentimento dos responsáveis)
  •         Pesar, no mínimo, 50 quilos
  •         Não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores e não estar de jejum
  •         Grávidas e mulheres no pós-parto não podem doar temporariamente
  •         Esperar pelo menos 12 meses após a última tatuagem

Ainda de acordo com o Ministério da Saúde com relação à Covid-19, são considerados inaptos para doação de sangue por um período de 30 dias aqueles que apresentarem sintomas respiratórios e febre ou ter tido contato, há menos de 30 dias, com casos suspeitos ou confirmados da doença.