Notícias – Página: 30 – Faculdades Pequeno Príncipe

Notícias

Estudantes dos últimos períodos de Biomedicina, Enfermagem e Farmácia devem fazer o ENADE 2016

Este ano, o ENADE será realizado no dia 20 de novembro, às 13h. Devem participar dele acadêmicos com expectativa de conclusão de curso até julho de 2017, ou que já tenham terminado pelo menos 80% do curso até o último dia de inscrições, 21 de agosto.

As Instituições de Ensino Superior já efetuaram o cadastro dos estudantes que deverão participar da prova. Para verificar se seus dados estão corretos, acesse: http://portal.inep.gov.br/enade/inscricoes

O ENADE 2016 é voltado a estudantes dos cursos de graduação em Biomedicina, Enfermagem, Farmácia, Medicina, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Nutrição, Odontologia, Serviço Social, Educação Física, Agronomia, Medicina Veterinária e Zootecnia.
Para mais informações, clique aqui.

Fim do inverno é responsável pelo aumento de casos de alergia

Os meses de agosto e setembro são os campeões em rinite e conjuntivite alérgica. Isso porque o fim do inverno traz uma combinação de tempo seco e frio que ocasiona uma aspersão de elementos como poluição do ar, pólen, ácaros e fungos na atmosfera. Segundo o Professor Rogério Saad Vaz, coordenador do curso de Biomedicina da Faculdades Pequeno Príncipe, essa combinação de alérgenos é a grande responsável pelo aumento das alergias respiratórias.

“Esses componentes afetam principalmente mucosas e pele, o que pede uma proteção extra dos indivíduos, especialmente em dias secos, frios e com muito vento, que podem causar tanto rinite quanto conjuntivite”, enumera. Mas os cuidados não param por aí. O Professor explica que ácaros e fungos proliferam-se em locais fechados. Por isso é recomendável que casacos sejam lavados antes do uso, assim como cobertores e mantas. Também é essencial abrir as janelas da casa para que o ar possa circular. “Nos dias frios, as pessoas tiram cobertores do armário, cobrem a cama, fecham as janelas e ficam naquele ambiente, o que só piora o estado de saúde delas”, comenta.

A saída, nesses casos, é procurar um médico e iniciar um tratamento medicamentoso. Para evitar ou diminuir essa possibilidade, confira algumas dicas abaixo:

12 medidas para prevenir a alergia

Beba bastante líquido;
Evite fumar e estar em ambientes onde as pessoas fumem;
Mantenha a casa limpa e arejada;
Lave casacos e cobertores antes de utilizá-los;
Guarde roupas de lã em plásticos;
Se tiver ar condicionado, limpe constantemente os filtros;
Use desumidificador de ar para impedir a proliferação de fungos;
Se for possível, elimine o uso de tapetes e carpetes e desfaça-se de bichos de pelúcia;
Ao sair às ruas, proteja os olhos com óculos de sol;
Em dias de muito vento, proteja também nariz e boca com um lenço ou cachecol;
Lave as mãos várias vezes ao dia e evite o contato com olhos, nariz e boca;
Caso tenha animal de estimação, ele deve tomar banho uma vez por semana, ser escovado diariamente e ficar longe da cama e do sofá.

Com informações de Veja.com

Experimento do cientista Miguel Nicolelis é divulgado na revista “Scientific Report”

Voluntários paraplégicos conseguiram recuperar parte do controle motor após uma combinação entre o uso do exoesqueleto e a visualização de realidade virtual

andardenovo4A revista “Scientific Report” divulgou hoje um feito inédito observado pela equipe do cientista Miguel Nicolelis. Oito pacientes paraplégicos, que passaram os últimos 12 meses participando de um experimento envolvendo realidade virtual e um exoesqueleto comandado pela força da mente apresentaram sinais de recuperação neurológica parcial.

O objetivo dos pesquisadores era que os voluntários conseguissem controlar os movimentos do exoesqueleto a partir de atividades cerebrais. Eles conseguiram mais: um aumento no controle das pernas e na sensação de tato.

Mais informações, você confere aqui: http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2016/08/treino-com-exoesqueleto-levou-recuperacao-parcial-de-paraplegicos.html

8 de agosto: Dia Nacional do Combate ao Colesterol

Dados da OMS apontam que doenças associadas ao colesterol alto constituem a causa da morte de 17 mil pessoas por ano no mundo. Para lutar contra esse mal, que atinge 40% da população brasileira, o dia 8 de agosto foi instituído como o Dia Nacional do Combate ao Colesterol.

Bom e Ruim
Existem dois tipos de colesterol: o bom, denominado HDL, e o ruim, chamado de LDL. Para permanecer saudável, o indivíduo deve manter o índice do HDL alto e o do LDL, baixo. E para conseguir esses índices, é preciso manter uma alimentação saudável, diminuir a quantidade de sódio ingerida, fazer exercícios físicos regularmente, combater o estresse e melhorar a qualidade do sono. Além, é claro, de abandonar vícios como o uso de álcool e cigarro.

Confira abaixo alguns alimentos que podem contribuir para uma vida mais saudável:
Azeite de Oliva;
Vinho Tinto;
Chá Verde;
Fibras;
Peixes;
Chocolate amargo;
Frutas vermelhas.

Com informações do Programa Bem-estar, site Organics News Brasil e Jornal da Economia.

Agosto azul: tempo de tratar da saúde do homem

Há cinco anos, o mês de agosto foi escolhido para ações de mobilização social que auxiliem os homens a cuidarem melhor da saúde. De acordo com a Pesquisa Nacional de Saúde, realizada pelo Ministério da Saúde em 2013, 75% dos homens não têm o hábito de praticas exercícios físicos; 50% apresentam sobrepeso; 30% consomem bebidas alcoólicas com frequência e 15% fumam.

E não é só isso. Quando se observa a mortalidade de pessoas entre 20 e 30 anos, 80% dos óbitos são de homens. Ao se aumentar o foco para mortes entre 20 e 59 anos, a porcentagem cai para 33%. No estado do Paraná, por exemplo, eles vivem em média, sete anos menos que as mulheres.

Esse ano, a campanha tem o mote: “Trabalhador: passe um tempo com você”. O objetivo é fazer a população refletir sobre a saúde do trabalhador, diminuindo assim o número de mortes e melhorando a qualidade de vida deles e de toda a sociedade.

Professora da Faculdades Pequeno Príncipe recebe prêmio no 3º Congresso Paranaense de Saúde Pública

O destaque do trabalho foi o TBL, uma das Metodologias Ativas de Ensino que são utilizadas na FPP

A Professora dos cursos de Biomedicina, Farmácia e Enfermagem e acadêmica do Programa de Mestrado Acadêmico em Ensino nas Ciências da Saúde da Faculdades Pequeno Príncipe, Fernanda de Andrade Galliano Daros, recebeu o 1º Prêmio Inova Saúde Paraná pelo trabalho “TBL como Metodologia de Avaliação”. Para realizar o trabalho, ela contou com a colaboração dos Professores Maria Rosa Machado Prado e Christian Boller.

A apresentação foi feita durante o 3º Congresso Paranaense de Saúde Pública/ Coletiva e 2ª Mostra Paranaense de Projetos de Pesquisa para o SUS, realizado em Matinhos, no Litoral do Paraná, entre os dias 27 e 30 de julho.

De acordo com a Profª. Fernanda Daros, receber o prêmio foi uma surpresa, porque o objetivo dela era simplesmente disseminar e discutir a metodologia com outros profissionais. “Eu fiz um relato de experiência, contando como é trabalhar com essa Metodologia Ativa (o TBL) aqui na Faculdade”, explica. “Os acadêmicos adoram, porque o trabalho começa com um teste que o estudante responde individualmente, depois o mesmo teste é aplicado em equipe. Na terceira etapa, os alunos defendem a ideia deles e, ao final, o professor dá um feedback. É uma dinâmica muito diferente e que nos permite ver se há lacunas no processo ensino-aprendizagem e propor melhorias”.

A Professora lembra ainda que, para a Faculdades Pequeno Príncipe, o recebimento deste prêmio caracteriza um avanço no uso dessas metodologias. “Sempre buscamos trabalhar com metodologias ativas, essa é a nossa proposta didática, e poder contribuir e ainda ser premiada por isso é maravilhoso!”, comemora.

XIII ENEPE: confira a lista de trabalhos aprovados

O XIII ENEPE – Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, vai ocorrer nos dias 14 a 16 de setembro. Podem participar acadêmicos da Graduação, Especialização, Mestrado e Doutorado. E os trabalhos podem ser apresentados em duas categorias: comunicação oral ou pôster.

A programação do evento inclui ainda cursos, palestras e mesas redondas. Em paralelo ao ENEPE, ocorrem a Feira Horizontes de Empregabilidade, além das Semanas Acadêmicas dos cursos de Graduação e do Encontro de Desenvolvimento Docente da Faculdades Pequeno Príncipe.

Confira os trabalhos aprovados, o ensalamento e a programação final no nosso site: faculdadespequenoprincipe.edu.br/enepe/

Adolescente vence votação de Harvard com projeto sobre câncer

Foto: Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal

O estudante brasileiro Lucas de Almeida foi um dos 15 finalistas do Programa “Village to raise a child”, da Universidade de Harvard, nos EUA. A universidade selecionou no mês de julho cinco projetos, entre todos os inscritos, para tutelar durante um ano. O objetivo é manter os estudantes em seus países de origem e auxiliá-los no desenvolvimento das pesquisas.

Em uma das etapas da seleção, os projetos são apresentados para votação popular. Nesse momento, internautas de todo o mundo podem escolher o trabalho de maior relevância e votar para que ele permaneça na competição. O projeto de Lucas recebeu mais de 23 mil votos, o maior sucesso da história do Programa.

Tema do Projeto
Tudo isso ocorreu devido ao tema selecionado pelo estudante: Lucas quer formular um exame de sangue capaz de detectar o câncer de pele. Até agora, as pesquisas mostraram que o diagnóstico pode ser feito com o uso de biomarcadores em mapeamento genético e marcadores moleculares. Com isso, pode-se conhecer até mesmo o estágio da doença.

Lucas conta que o interesse começou a partir de uma simples pesquisa na internet. “Vi que as pessoas ignoram manchas na pele e isso atrasa o tratamento e a cura do câncer”, explica. “Se as pessoas descobrirem precocemente, a chance de cura pode aumentar. Foi assim que tive a ideia de diagnosticar o câncer de pele por meio do exame de sangue”.

Projetos vencedores
Entre os cinco projetos que venceram a competição estão os de dois brasileiros. Um é da estudante Luisa Hamra, de Catanduvas, SP. Ela pesquisa a criação de um “gel adesivo” que impede a proliferação do mosquito Aedes Aegipt, responsável pela Dengue, o Zika Vírus e o Chikungunya.

O outro projeto vencedor é do estudante Gustavo Coutinho, que propõe um modelo de ensino alternativo, que leve cursos gratuitos para estudantes das comunidades brasileiras mais pobres, preparando-os para competir de igual para igual com pessoas vindas de escolas e faculdades particulares.

O Programa abre inscrições anualmente. Podem participar estudantes de ensino médio do mundo todo.

Para saber mais, acesse: http://ignitinginnovationsummit.com/program/

 

Acadêmicos de Medicina apresentam oficina sobre trabalho desenvolvido no litoral durante epidemia de dengue

Alunos_MedicinaQuatro alunos do curso de Medicina participaram na semana passada do Congresso Paranaense de Saúde Pública, realizado em Matinhos, no litoral do Paraná.

Caroline Kaori Maebayashi, Isabela Maria Coatti Rocha, Gabriela de Araújo e Marcelo Yamane apresentaram a oficina “Projeto VIVERSUS: vivência estudantil para uma visão humanizada da saúde”.

O objetivo da oficina foi contar a experiência vivida pelos estudantes que, no mês de janeiro, passaram duas semanas no litoral conhecendo o dia a dia do trabalho do SUS durante uma epidemia de dengue. Eles foram treinados em questões como comunicação com o paciente e procedimentos a serem adotados nas fases primária, secundária e terciária da doença.

Para o acadêmico Marcelo Yamane, que deu a ideia de apresentar a oficina durante o congresso, a expectativa é que o VIVER-SUS Paraná se expanda para todas as regiões do Estado e que se torne multidisciplinar.

Divulgado o resultado final do Processo Seletivo de Transferência Dependente de Vaga para o curso de Medicina

A Transferência Externa é para os 4º e 5º períodos do Curso de Medicina.

A Faculdades Pequeno Príncipe abriu Edital para o Processo Seletivo de Transferência Externa para o Curso de Medicina. As inscrições  foram realizadas no período de 29 de julho de 2016 a 02 de agosto de 2016, até às 23h59min (inscrição e impressão do boleto bancário) apenas via internet.

As vagas ofertadas são somente para o 2º semestre de 2016.

Confira abaixo o resultado da seleção.

Resultado final

Resultado da 1ª fase

Gabarito

Clique AQUI e confira o Edital na íntegra.

 

Cronograma

 

29/07 a 02/08/2016 INSCRIÇÃO
02/08/2016 Último prazo para pagamento do boleto
01/08/2016 Último prazo para postagem por sedex da documentação
02/08/2016 até 20:00 Último prazo para entrega da documentação na recepção da FPP

 

DATA  
03/08/2016 PROVA OBJETIVA
03/08/2016 DIVULGAÇÃO GABARITO PROVA OBJETIVA
04/08/2016 RESULTADO 1ª FASE – PROVA OBJETIVA
05/08/2016 DIVULGAÇÃO DA LISTA DE CLASSIFICADOS

 

05/08/2016 8:00 às 20:00 MATRÍCULA

 

Documentação necessária para análise do Histórico Escolar e Planos de Ensino:

 

  1. histórico escolar expedido pela instituição de origem, onde conste a forma de ingresso do aluno;
  2. declaração da situação atual do aluno na instituição de origem que comprove estar vigente seu vínculo com a mesma;
  3. declaração dos dados do processo de seleção e admissão (concurso vestibular), exceto nos casos em que o ingresso na instituição de origem tenha se dado por aproveitamento de curso superior;
  4. programas das disciplinas cursadas, autenticados pela instituição de origem.
  5. comprovante que informe o sistema de avaliação da Instituição de origem.